sexta-feira, 1 de julho de 2011

Lost?

Muitas das vezes, fazes-me sentir perdido. Torna-se estranho ver a maneira de como ás vezes conseguimos superar, ser melhores, subir e subir. É isso que acontece. Mas quando dou por mim, voltamos a cair e aí começa tudo de novo... o reboliço de sentimentos, as noites sem dormir, as vezes em que me escondo para poder chorar. Dizes que são filmes meus, quando na verdade sabes que parte das coisas que eu digo conseguem ser bem reais. Mesmo assim, fazes-me ficar sem chão, fazes-me caminhar sem rumo, ao mesmo tempo caminho sem medo de cair mais uma vez, sem medo de falhar, parar, e mais uma vez esperar pelo dia em que vás acordar e voltes a ser quem eras... na verdade é isso que eu mais quero, embora saiba que vá custar. Até la acho que me dou ao medo de um dia olhar para o meu lado e ver que estou a viver a nossa vida sozinho, ao medo de me olhar ao espelho e simplesmente ver que já não reconheço a pessoa que à minha frente se avista, o mesmo acontece cada vez que olho para ti, não te reconheço. 

mais uma vez acabo este texto, com os votos de esperança que as coisas melhorem e voltem a ser aquilo que foram um dia. Mas por enquanto, tu agora dormes mais uma vez a desprezares-me e eu aqui estou, mais uma noite sem dormir a pensar no que fiz de errado, mesmo quando sei que o único que errou foste tu, não eu.